Prefeitura e Sucen já nebulizaram cerca de 5 mil imóveis na cidade

0
274

A Prefeitura de Tupã, através da Secretaria Municipal de Saúde deve concluir hoje os trabalhos de nebulização contra a dengue, realizados em parceria com a Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) de Marília, que destacou uma equipe de 24 profissionais para ajudar nas ações de combate à dengue no município.

Os agentes e supervisores da Sucen, com apoio dos agentes de combate às endemias da Secretaria Municipal de Saúde, desenvolveram diversos vários trabalhos estratégicos para o bloqueio de criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

Segundo Rosângela Urel, secretária municipal de Saúde, os trabalhos de nebulização, que inicialmente seriam realizados até o dia 11 de setembro e deveriam abranger cerca de 175 quadras, foram ampliados e prorrogados em Tupã devido à situação epidemiológica verificada no município, com o registro de novos casos da doença.

Apesar da diminuição dos casos de dengue durante o inverno, neste segundo semestre já foram registrados novos casos de dengue, comprovando que apesar da queda nas temperaturas (que naturalmente reduz a infestação do Aedes aegypti) a doença continua em circulação no município.

De acordo com dados da Secretaria de Saúde de julho até esta quarta-feira, foram confirmados laboratorialmente mais 35 casos positivos de dengue, sendo 26 casos em julho, 7 em agosto e apenas 2 casos em setembro. Para Rosângela, a diminuição gradativa do número de casos neste segundo semestre já é reflexo do trabalho realizado pela prefeitura, em parceria com a Sucen.

Ela destacou também que os casos positivos confirmados neste mês de setembro foram registrados na Vila Abarca e no centro, sendo que em ambos os casos a Secretaria de Saúde já concluiu os trabalhos de bloqueio e eliminação de criadouros através dos agentes de endemias.

A secretária de Saúde ressaltou ainda que com a manutenção da parceria com a Sucen novos bairros receberam o trabalho de nebulização, intensificando o cerco contra a dengue no município.

Segundo ela, desde o início do trabalho conjunto com a Sucen, a prefeitura já vistoriou 709 quadras. No total 5.404 imóveis foram beneficiados com as ações de bloqueio e eliminação de criadouros do Aedes aegypti. Nos bairros atendidos pelo programa Estratégia Saúde da Família esse trabalho foi realizado pelos agentes

0000

Assessoria