Mistura de etanol na gasolina sobe para 27% a partir de 16 de março

0
269

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, informou nesta quarta-feira (4) que o aumento da mistura de etanol na gasolina, de 25% para 27%, começa a valer no próximo dia 16 de março. Segundo Braga, a alteração vale para a gasolina comum e para a aditivada: “A única exceção é a premium”, afirmou.

Braga confirmou o aumento aos jornalistas nesta tarde, quando deixava a sede do Ministério de Minas e Energia em direção ao Palácio do Planalto, onde participou da assinatura da resolução que vai fixar o novo percentual de mistura do combustível. Mais tarde, o ministro detalhou não haverá impacto para o consumidor com a medida: o preço do litro da gasolina nos postos de combustível não será alterado.

Gasolina premium não muda

O ministro também informou que houve entendimento para que o aumento no percentual do etanol não fosse aplicado à chamada gasolina premium, mas somente à comum e à aditivada.

De acordo com Braga, a decisão foi tomada a pedido das associações de fabricantes de veículos, a Anfavea.

O presidente da Anfavea, Luiz Moan, disse ser preciso esperar pelos resultados dos testes de durabilidade nos motores de carros movidos somente a gasolina. Essas avaliações começaram em setembro passado e devem ser finalizadas no fim do mês.

“Os testes de durabilidade ainda estão sendo realizados pela Anfavea e por isso nós insistimos bastante que a gasolina premium não sofresse nenhuma alteração na sua formulação, em nome da defesa do consumidor, para que ele também possa ter alguma alternativa de abastecimento no caso dos veículos exclusivamente movidos a gasolina”, disse Moan.

“Essa gasolina [com maior percentual de etanol] é segura, sem dúvida nenhuma, mas ela é uma gasolina que deve ser usada nos veículos chamados flex, e nós colocamos uma precaução enquanto os nossos testes de durabilidade não forem concluídos”, completou.

Para especialistas em mecânica ouvidos pelo G1, a mudança é muito pequena para causar efeitos nos carros a gasolina, especialmente os mais modernos, caso de muitos importados.

Estoque de álcool

O anúncio formal do aumento ocorre um mês após uma reunião em que o governo fechou acordo com a Anfaveapara o aumento da mistura. Essa medida já vinha sendo debatida desde o ano passado como meio de incentivar as usinas produtoras de etanol. Naquela época, porém, estudava-se o aumento do percentual para 27,5%.

Ainda nesta quarta, ao lado de Braga, a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, explicou que há no Brasil 1 bilhão de litros de álcool em estoque. Conforme a ministra, a estimativa é que essa quantidade de combustível seja totalmente misturada à gasolina já em 2015.

No início de fevereiro, a presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), Elizabeth Farina, disse que o setor conseguirá atender ao aumento da demanda pelo etanol. Segundo ela, há estoque para um mês de consumo após início da safra, e a produção é monitorada

IMG-20150302-WA0002

Fonte: G1