Ronaldo no rival é modelo para Santos ter Robinho: dois anos e grana dividida

0
334
02

Robinho não renovou o vínculo com o Guangzhou Evergrande, da China (Foto: Reprodução)

O Santos está decidido a ter Robinho de volta para o que seria a quarta passagem do atacante pelo clube da Vila Belmiro. Sem condições de pagar os salários pedidos pelo atleta (cerca de R$ 600 mil), a diretoria negocia com empresas para viabilizar a contratação nos moldes da chegada de Ronaldo ao Corinthians, em 2008.

A ideia é pagar R$ 200 mil fixos por mês para um contrato de dois anos. A empresa disposta a pagar R$ 400 mil mensais teria Robinho como garoto-propaganda e poderia recuperar o investimento com ações de marketing e direito de imagem do Rei das Pedaladas. No Timão, o Fenômeno recebia R$ 500 mil do Corinthians, mas seu salário de mais de R$ 1 milhão era pago com a ajuda de parceiros.

– Nós estamos pensando no Robinho para dois anos. É essa a projeção. Pode ser que ele queira três, ou que o parceiro queira um. É uma coisa que se desenvolverá no futuro. Mas o mais importante é conseguir um parceiro para viabilizar a negociação. O Santos não pode pagar mais que R$ 200 mil – explicou o presidente Modesto Roma.

Aos 31 anos, Robinho iniciaria sua quarta passagem pelo Alvinegro. Revelado pelo clube, foi bicampeão brasileiro em 2002 e 2004 e vice da Copa Libertadores de 2003, deixando o clube em 2005 rumo ao Real Madrid, da Espanha. Cinco anos depois, voltou à Vila Belmiro, emprestado pelo Manchester City, da Inglaterra. Nessa passagem, venceu o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil, ambos em 2010, ao lado de Neymar, Ganso e companhia. Já em 2014, o Rei das Pedaladas chegou por empréstimo junto ao Milan e foi campeão paulista deste ano, antes de reforçar o Guanghzou Evergrande, da China.

Fonte: Globoesporte