Mais um: Corinthians acerta a venda de Vagner Love para o Monaco

0
775
Timão deve receber cerca de R$ 4 milhões com a saída do Artilheiro do Amor, que rescindiu contrato na noite desta quinta e deve viajar para a França no fim de semana
Vagner Love durante treino do Corinthians na reapresentação em 2016 (Foto: Marcos Ribolli)

Vagner Love durante treino do Corinthians na reapresentação em 2016 (Foto: Marcos Ribolli)

 

As despedidas continuam no Corinthians. Depois de Jadson, Renato Augusto e Ralf, agora foi a vez de Vagner Love dar adeus ao clube. O Timão acertou nesta quinta-feira à tarde a venda do atacante para o Monaco, da França. A equipe europeia pagará a multa rescisória: € 1 milhão (cerca de R$ 4,4 milhões).

O Artilheiro do Amor também tinha uma proposta do futebol chinês, onde atuava antes de ser contratado pelo Corinthians, mas optou por jogar na Europa. A esposa de Love está grávida, e o atacante avalia que o retorno para a Ásia neste momento poderia complicar a adaptação da família.

Love rescindiu contrato na noite desta quinta e deve viajar para a França no fim de semana.

O centroavante passou boa parte de 2015 sendo criticado pela torcida por não conseguir substituir Guerrero à altura. No entanto, engrenou nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro e ajudou a equipe na campanha do título. Ele acabou o torneio com 14 gols, abaixo apenas de Ricardo Oliveira, do Santos.

O Corinthians e o técnico Tite vivem agora um momento complicado. O Timão não tem mais centroavantes no elenco. O único jogador que pode fazer a função neste momento é Alexandre Pato. Mesmo assim, o atacante alimenta o sonho de voltar à Europa e também ainda pode sair nas próximas semanas.

O clube se movimenta no mercado em busca de, pelo menos, uma peça de reposição. O nome mais cotado é o de André, destaque do Sport no último Brasileirão. O jogador tem contrato com o Galo até 30 de junho e negocia a antecipação de sua saída. O Corinthians espera por ele e topa até desembolsar uma quantia em dinheiro para agilizar o processo.

Fonte: Globoesporte.com