Felipe Melo atuará emprestado por seis meses; burocracia adia anúncio

0
144

A oficialização de Felipe Melo como reforço do Palmeiras passa por detalhes burocráticos finais no negócio com o Internazionale. Não há problemas nem receio no clube quanto ao desfecho positivo da transferência.

A novidade é que, diferentemente do que tinha sido inicialmente pensado pelas partes, não será só um contrato de três temporadas.

Em vez de se desligar do clube italiano e ser repassado diretamente, o volante atuará emprestado até o final de seu vínculo, que vence na metade deste ano. Depois disso, terá um novo acordo até o final de 2019.

Embora já tenha acertado as bases do negócio, o Palmeiras só anunciará o jogador quando tiver concluído toda a operação, que, por ser internacional, é mais demorada.

Revelado pelo Flamengo, Felipe Melo passou por Cruzeiro e Grêmio antes de deixar o futebol brasileiro em 2005. Na Europa, defendeu Mallorca, Racing Santander, Almería, Galatasaray,  Fiorentina, Juventus e Inter.

Até agora, além do técnico Eduardo Baptista como sucessor de Cuca, o Palmeiras anunciou o atacante Keno e os meias Hyoran, Raphael Veiga, Alejandro Guerra e Michel Bastos.