Diego Costa no Timão? Atacante está na mira do Corinthians

0
619

“Novo Diego Costa”: conheça o atacante que está na mira do Timão

Ex-padeiro e ex-vendedor de picolés, Jonathas, de 26 anos, foi sensação no último Campeonato Espanhol, pelo Elche. O estilo briguento, não convencional, vai à contramão do perfil de jogador de futebol moderno, cheio frases prontas. Irreverência que rendeu o apelido de “novo Diego Costa”, dado pela imprensa espanhola. O sucesso do jogador fez despertar o interesse de clubes maiores no Velho Continente, além do Corinthians, cujo gerente de futebol, Edu Gaspar, vem mantendo contatos constantes com o atleta.

Na sala de sua casa, Jonathas saca um óculos escuro, todo espelhado. Marra? Não, o atacante está refazendo uma comemoração que ficou conhecida na Espanha, quando marcou seu primeiro gol pelo Elche. Ele explica que a ideia, que rendeu o apelido de Ciclope, personagem dos X-Men, da Marvel (que também usa um óculos espelhado), veio em conjunto com uma marca de óculos.

- Foi uma parceria com uma empresa de óculos. Ninguém tinha feito. Fiquei como medo de levar uma multa, mas não recebi nem amarelo. Foi legal, a foto rodou o mundo.

Antes de ser o vice-artilheiro brasileiro do Campeonato Espanhol, com 14 gols, atrás apenas de Neymar, com 26, Jonathas já era observado por Edu Gaspar, gerente de futebol do Corinthians. O contato com a diretoria do Timão tem sido frequente, e o atacante mineiro pode ser substituto de Guerrero, que foi para o Flamengo.

jonathasjesus- Eu falei com o Edu Gaspar, ele já vinha me monitorando há bastante tempo, desde que eu fui para o Elche. Já no meio da janela, ele estava com interesse. Sempre me viu jogar e se interessou pelo meu futebol. Eu costumo dizer que, vindo de um Timão, com a torcida que tem, é muito importante.

Antes disso, o jogador pretende resolver uma pendência judicial com seu clube espanhol, com quem tem mais um ano de contrato. Apesar do vínculo, Jonathas não deve continuar no Elche.

- Nem eu mesmo sei. Eu estou esperando, falta pouco para resolver a situação do Elche, e caminhar para meu novo clube. Fico feliz de ter o interesse de vários clubes grandes, tanto aqui do Brasil, quanto da Europa. Fico muito feliz com isso, sinal que meu trabalho foi bem feito na temporada. Nuca se sabe o que pode acontecer no mundo da bola, mas estou muito valorizado pela temporada que fiz.

Em sua casa em Belo Horizonte, onde passa férias, há um quarto com cheiro de grama. É futebol do rodapé ao teto. Camisas que coleciona e troféus. As maiores relíquias estão em um lugar especial, na sala: as camisas de Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar.

- Ter aqui na minha na minha sala essas três camisas é uma honra, eu fico muito feliz. Jogar contra esses craques, melhores do mundo é uma felicidade extrema. Vou trabalhar para que a camisa do Jonathas esteja na parede de algum deles.

Jonathas da “nova geração”: de ex-padeiro a novo Diego Costa

Nas manchetes dos jornais espanhóis, Jonathas é tratado como o “novo Diego Costa”. Isso porque, além do talento para gols, o mineiro também tem um jeito esquentado, competitivo. No entanto, Jonathas quer seguir o caminho contrário do atacante do Chelsea quando o assunto é Seleção. Naturalizar-se espanhol, por enquanto, não é o objetivo. O centroavante do Elche sonha defender a camisa do Brasil. Mesmo assim, aprova a comparação com Diego Costa.

- Eu fico muito feliz pelo jogador que o Diego Costa é e pela temporada que ele fez pelo Chelsea, provando ser um grande jogador. Mas também pelo temperamento forte. Eu não vejo isso como um defeito, todo mundo vê que é um jogador que sempre quer vencer. Ele tem uma motivação extra. Divide cada bola como se fosse a última. Fico feliz por ser comparado a ele.

dsc03896

Jonathas é indomável. Famoso pelo estilo “esquentado”, vira um doce quando a pequena Alice está no recinto. Apesar do amor incondicional, porém, a filha já fez o grandalhão de 1,90m “sofrer”.

- O amor supre o desastre das outras coisas. Trocar fralda, a gente vai achando que é uma coisa normal, mas quando abre… (risos) Vem aquele fedorzão, aí dá uma assustada, mas é coisa normal, que temos prazer em fazer.

Sobra pra Camila, esposa do jogador. Na Espanha, ela sofre com o atacante. Depois de colocar a filha para dormir, começa e escutar barulhos e gritos. Jonathas está no andar de baixo, jogando pingue-pongue. Mas a competitividade do jogador faz a brincadeira virar final de Liga dos Campeões da Europa.

dsc03893

Bruno é o adversário, melhor amigo e anjo da guarda. Ex-colega da base, quando estavam no Cruzeiro, ele desistiu da carreira de jogador e resolver estudar. Especializou-se em fisiologia esportiva, no Estados Unidos, e virou preparador físico e “psicólogo” de Jonathas.

- A amizade começou desde os tempos do Cruzeiro e agora somos quase irmãos. Sou padrinho da filha dele. Conversamos após todos os jogos. Discutimos algumas jogadas. Eu falo que ele tinha de ter tocado a bola, ele fala que tinha de ter chutado. Personalidade forte, não gosta de perder. Mas no final, nos entendemos.

Fonte: Globoesporte