Atrás de Pottker, Corinthians agenda reunião com empresário para quinta

0
241

Apesar da endurecida da Ponte Preta, o Corinthians ainda não desistiu de contar com William Pottker, atacante da Macaca.

E, para isso, conta com um trunfo: Fernando Garcia. Ex-conselheiro do Timão, o empresário acredita que a ida ao Parque São Jorge poderia ser benéfica ao atleta que completou 23 anos em dezembro. Em entrevistas recentes, Garcia chegou a dizer que “chegou a hora dele sair”.

Desta forma, a diretoria corintiana agendou uma reunião com os empresários da Elenko Sports para quinta-feira, em São Paulo. Na conversa, as partes falarão sobre a exigência da Macaca, que diz só liberá-lo pelo valor da multa: R$ 10 milhões.

Sem dinheiro em caixa para grandes investimentos, o Timão pode tentar compor uma troca. Uma opção é o envolvimento de Lucca, também agenciado por Garcia, no negócio. Isso porque a Ponte é um dos clubes interessados em contar com o jogador nesta temporada.

Ainda em dezembro, a Ponte Preta emitiu uma nota desmentindo qualquer negociação do atleta com com o Corinthians após o técnico Fábio Carille demonstrar, em entrevista, um otimismo grande na contratação do atacante, que tem contrato com o clube de Campinas até o fim de 2019. Na ocasião, o presidente da Macaca , Vanderlei Pereira, garantiu que não foi procurado pelo Corinthians ou qualquer outro time brasileiro. O Botafogo também tenta o acerto.

– Não recebemos propostas nem de Corinthians nem de Botafogo, como se fala por aí. A única proposta que veio foi da China e ela foi recusada. A Ponte conta com Pottker para 2017 e não está negociando o atleta e nem tem interesse de uma saída dele – disse, ainda em dezembro.

A proposta da China que foi recusada pela Ponte foi de € 2,7 milhões (cerca de R$ 9 milhões). William Pottker terminou 2016 bastante valorizado por conta dos 14 gols que marcou na Série A, sendo um dos artilheiros ao lado de Fred (Atlético-MG) e Diego Souza (Sport).